Fontes de Alimentação - Power Good Signal

Além das tensões e correntes que um computador precisa para operar, a fonte também fornece um sinal chamado “Power Good Signal”. O seu propósito é dizer ao computador que tudo está ok com a fonte de alimentação e que o computador pode continuar a operar normalmente. Se o sinal Power Good não estiver presente, o computador desliga. O sinal Power Good previne que o computador opere em tensões impróprias, o que faria com que ele estragasse.

 

O sinal Power Good é um sinal de +5 volts gerado na fonte de alimentação quando ela realiza com sucesso seus testes internos e a saída de tensão e corrente se estabilizaram. Ele leva de 100ms a 500ms para ser gerado a partir do momento em que a fonte for ligada. O sinal é então enviado para a placa mãe, onde é recebido pelo timer chip (processor timer chip) que controla o reset do processador.

 

Na ausência do sinal Power Good, o timer chip reseta o computador continuadamente,  previnindo que o computador rode sob condições ruins ou instáveis de alimentação. Quando o timer chip recebe o sinal Power Good, ele para de resetar o computador, e então o processador executa o que quer que esteja no endereço FFFF:0000 (usualmente a ROM da BIOS). Até que este sinal seja enviado, a placa mãe irá recusar para inicializar o computador.

 

Se a fonte de alimentação não conseguir manter as saídas de tensão e corrente apropriadas, como em uma queda de energia, o sinal Power Good é “retirado”, e o processador reseta automaticamente. Quando a saída apropriada é novamente restabelecida, o sinal Power Good é regerado e o computador reinicia sua operação novamente. Retirando o sinal Power Good, o computador nunca recebe uma alimentação inadequada porque ele é parado rapidamente (reset) ao invés de permitir que seja operado em condições de alimentação instáveis, o que poderia causar erros de paridade e outros problemas.

 

Nota: Algumas fontes simulam um sinal Power Good, entretanto o sinal é falso. Estas fontes devem ser evitadas.